Arquivo

Archive for fevereiro \25\UTC 2011

Programa ILEP – “International Leaders in Education Program” – 2011

Programa Líderes Internacionais em Educação (International Leaders in Education Program (ILEP)

Comunico a abertura das inscrições para o processo seletivo do Programa Líderes Internacionais em Educação (International Leaders in Education Program (ILEP).  Para inscrever-se, o professor deve atender a todos os pré-requisitos estabelecidos.

As inscrições devem ser encaminhadas, impreterivelmente, até o dia 15/03/2011 a  Coordenadoria, Praça da República, 53 sala 65B, Centro, São Paulo/SP, CEP 01045-903 aos cuidados de Ana Beatriz Pereira.

Os formulários que devem ser preenchidos constam no link abaixo. Este ano, a documentação de apenas 5 candidatos, pré-selecionados, serão enviados para a seleção final. 

http://www.consed.org.br/images/pdf/ilep/ilep_-_12_apllication_package.pdf

http://www.consed.org.br/images/pdf/ilep/ilep_-_12_institutional_supportand_reference_form.pdf

http://www.consed.org.br/images/pdf/ilep/2012-cv.pdf

  

Qualquer dúvida, entrar em contato pelo e-mail: teacher_renata1@hotmail.com

 

Pré-requisitos: 

Ser professor de inglês do ensino médio na rede pública;

* Estar atualmente trabalhando em sala de aula;

* Possuir, no mínimo, bacharelado ou licenciatura em inglês;

* Ter, no mínimo, 5 anos de experiência comprovada em sala de aula;

* Demonstrar o compromisso de continuar lecionando após participação no programa ILEP;

* Demonstrar compromisso com o ensino de inglês;

* Ter fluência oral e escrita em inglês;

* Ser cidadão brasileiro;

* Preencher o formulário de inscrição totalmente em inglês e enviá-lo de volta para a Secretaria de Educação do seu estado, juntamente com todos os demais documentos solicitados.

Processo seletivo:

Os candidatos interessados em participar no processo seletivo ao programa deverão enviar sua documentação completa para a Secretaria de Educação do seu estado até o dia 15 de março de 2011.  Entrar em contato com a Secretaria de Educação do seu estado e/ou acessar o site da Secretaria para obter informações detalhadas sobre o processo seletivo no seu estado. Não serão aceitos documentos entregues após essa data.

Atenção! Toda a documentação, abaixo discriminada, deverá ser entregue, impreterivelmente, ao Coordenador do Programa em seu Estado, que encaminhará ao Consed. Não serão aceitas inscrições feitas por outro intermédio.

 

IMPORTANTE:  Não serão aceitas as inscrições de candidatos que enviarem o seu material diretamente para a Embaixada Americana e/ou o IREX, organização responsável pela implementação do programa nos Estados Unidos.

Documentos necessários para efetivar sua inscrição no programa:

* Formulário de inscrição devidamente preenchido, assinado e carimbado pela sua escola;

* Currículo resumido (conforme modelo no formulário de inscrição);

* Carta de recomendação da Secretaria de Educação;

Fotografia colorida recente.

Cronograma do programa:

15 de março:    Prazo nos estados para o recebimento do material completo dos candidatos.

– 25 de março:      Prazo para que os estados façam a revisão do material enviado pelos candidatos e uma seleção de quais inscrições serão enviadas para a Embaixada. 

                             Os seguintes estados poderão selecionar até 5 (cinco) candidatos para o processo seletivo nacional:

·        Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal*, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte*, Rio Grande do Sul* e São Paulo.

(*Caso essas Secretarias confirmem participação no processo seletivo ao programa ILEP).

Os seguintes estados poderão selecionar até 2 (dois) candidatos para a competição nacional:

·        Acre, Alagoas*, Amapá*, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará*, Paraíba, Piauí, Rondônia*, Roraima, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.

(*Caso essas Secretarias confirmem participação no processo seletivo ao programa ILEP.)

– 31 de março:       Prazo para que os estados enviem para a Embaixada dos EUA (via e-mail: ilepbrazil@gmail.com) o material completo dos candidatos que participarão no processo seletivo nacional (serão considerados para esse processo apenas as inscrições do número acima de candidatos por estado).

– 08 de abril:        A Embaixada dos EUA e o CONSED revisam o material dos candidatos e anunciam a lista dos 30 (trinta) professores selecionados para seguir adiante no processo seletivo e fazer o exame TOEFL (taxa a ser coberta pelo governo americano).

– Até o dia 30 de abril:              Os 30 professores deverão se inscrever para o TOEFL e fazer a prova (a Embaixada fornecerá os códigos para a inscrição no TOEFL).

– 13 de maio:         Prazo para que os professores enviem o resultado do TOEFL para a Embaixada dos EUA.

– 25 a 27 de maio:         Embaixada dos EUA/CONSED fazem entrevistas orais com os candidatos com as melhores inscrições (revisão de todo o material enviado) + melhores pontuações no TOEFL.

– Início de junho:  Embaixada dos EUA junta toda a documentação dos melhores candidatos.

– até 15 de junho: Embaixada dos EUA envia para Washington o material completo dos melhores candidatos do Brasil.

– Agosto:              O comitê de seleção em Washington revisa o material de todos os candidatos internacionais.

– Setembro:          IREX, a organização responsável pela implementação do programa, envia para a Embaixada dos EUA a listagem completa dos professores brasileiros selecionados para o programa.

– Outubro:            Selecionados preenchem documentação complementar e iniciam a preparação para a viagem aos EUA.

– Novembro:        Orientação pré-partida em Brasília.

– Dezembro:         Selecionados finalizam os preparativos para a viagem.

– Janeiro de 2012:  Viagem para aos EUA.

– Final de maio

  De 2012:              Retorno dos professores ao Brasil.

– A partir de

  Agosto de 2012:  Realização de seminários/palestras para o compartilhamento do conhecimento adquirido durante o programa nos EUA.

Anúncios
Categorias:Educação

Happy Valentine´s Day

 

Before I Knew You, I Had Always Loved You

 

Before I knew you, I had always loved you,
Even as I dreamed of whom I’d love.
My inner picture was a portrait of you
Years before your heart my heart would move.
Vistas of enchantment are but rarely
As we find them in reality.
Love with you is what I dreamed, but really,
Eden as no dream could ever be.
Nor is this the magic of the moment,
The proper costume for the holiday.
In words like these one finds the winnowed ferment,
Not of the desire, but of the way,
Else lost amid the longings of the day.

 

 

Valentine´s History

 

 

Every February we celebrate Valentine’s Day by giving flowers, candy and cards to those we love. We do this in honor of Saint Valentine. You may be wondering, “Who is St. Valentine”? Time to brush up on your Valentine’s history!

Legend has it that Valentine was a priest who served during third century Rome. There was an Emperor at that time by the name of Claudius II. Emperor Claudius II decided that single men made better soldiers than those that were married. With this thought in mind he outlawed marriage for young men in hopes of building a stronger military base. Supposedly, Valentine, decided this decree just wasn’t fair and chose to marry young couples secretly. When Emperor Claudius II found out about Valentine’s actions he had him put to death.

Another legend has it that Valentine was an imprisoned man who fell in love with his jailor’s daughter. Before he was put to death he sent the first ‘valentine’ himself when he wrote her a letter and signed it ‘Your Valentine’, words still used on cards today.

Perhaps we’ll never know the true identity and story behind the man named St. Valentine, but this much is for sure…February has been the month to celebrate love for a long time, dating clear back to the Middle Ages. In fact, Valentines ranks second only to Christmas in number of greeting cards sent.

Another valentine gentleman you may be wondering about is Cupid (Latin cupido, “desire”). In Roman mythology Cupid is the son of Venus, goddess of love. His counterpart in Greek mythology is Eros, god of love. Cupid is often said to be a mischievous boy who goes around wounding both gods and humans with his arrows, causing them to fall in love.

 

Como aprender inglês?

 

Como todos já devem saber, a base do aprendizado é a prática constante. Tudo aquilo que aprendemos ou vivenciamos, se não utilizado, é descartado pelo cérebro. Não pense que isso é uma coisa ruim, a seleção das informações a serem retidas é quase que um mecanismo de defesa. Imagine se você fosse capaz de lembrar do que comeu no café da manhã de exatos 4 anos atrás? Tanta informação provavelmente o tornaria louco.

Como reter a informação importante?

Parece óbvio, se é importante para mim então meu cérebro vai manter a informação armazenada, na realidade não é bem assim que as coisas funcionam. Se você acabou de aprender uma palavra nova, essa informação vai para a chamada memória de trabalho, ela atua no momento em que a informação é adquirida, retém essa informação por alguns segundos e a destina para ser guardada por períodos mais longos ou a descarta. Se a informação é importante a ponto de você querer lembrar dela mais tarde e se você se esforçar para que isso aconteça, ela vai para a chamada memória de curto prazo.

Mas como reter o conhecimento?

A grande tacada está em tornar a memória de curto prazo em memória de longo prazo, ou seja, aquela que vai ficar guardada no cérebro permanentemente. A resposta a essa pergunta reside na palavra – repetição. Existem 2 formas de fazer isso, leia atentamente as 2 situações abaixo:

1 – Você acorda cedo e começa a estudar inglês. Como você está num dia inspirado e extremamente motivado, resolve passar a manhã inteira estudando avidamente. Você passa a matéria 1, 2 até 3 vezes. São 4 horas de estudo intenso e você pára na hora do almoço exausto mentalmente.

2 – Você acorda cedo e estuda por 30 minutos, mesmo empolgado você pára e vai realizar outras obrigações. Durante o período da tarde são mais 30 minutos de estudo, neste caso foram gastos 10 minutos revisando o que foi estudado durante a manhã. Antes de dormir você dedica mais 30 minutos, nos quais 20 foram utilizados revisando o que foi estudado durante o dia e os 10 restantes praticando com exercícios.

Em qual situação houve mais aprendizado?

Vou relatar aqui a minha experiência. Já tentei estudar das duas formas citadas anteriormente. No meu caso a Situação 2 mostrou-se muito mais efetiva. Apesar da diferença de tempo 01h30min da situação 2, contra 4 horas da Situação 1. Eu atribuo a maior efetividade a 2 fatores. O primeiro eu já citei, a repetição. O segundo diz respeito à distribuição de horários, não adianta passar horas estudando um só tema (seja ele idiomas ou qualquer outro), com o tempo o cérebro vai ficando cansado e não há retenção de conhecimento.

 

Categorias:Curiosities

Saudades ???

Vem de longa data a polêmica que gira em torno da palavra Saudade. Em inglês, o verbete citado anteriormente, pode ser entendido como miss (sentir falta) ou ainda homesick (sentir-se triste por estar longe de casa e da família). Provavelmente existem diversas outras traduções, mas nenhuma delas tem a capacidade de substituir a palavra saudade com a mesma carga semântica. Por isso, realmente não há um cognato perfeito. A saída, obviamente, é sempre usar o bom senso e buscar uma palavra com sentido aproximado para a situação.

De acordo com uma lista feita a partir da opinião de mais de 1000 tradutores profissionais, a palavra saudade, em português, é a 7ª palavra mais difícil de traduzir. A lista considera palavras de todos os idiomas.

Confira abaixo o ranking:

1. “Ilunga” (tshiluba) – uma pessoa que está disposta a perdoar quaisquer maus-tratos pela primeira vez, a tolerar o mesmo pela segunda vez, mas nunca pela terceira vez.

2. “Shlimazl” (ídiche) – uma pessoa cronicamente azarada.

3. “Radioukacz” (polonês) – pessoa que trabalhou como telegrafista para os movimentos de resistência o domínio soviético nos países da antiga Cortina de Ferro.

4. “Naa” (japonês) – palavra usada apenas em uma região do país para enfatizar declarações ou concordar com alguém.

5. “Altahmam” (árabe) – um tipo de tristeza profunda.

6. “Gezellig” (holandês) – aconchegante.

7. Saudade (português)

8. “Selathirupavar” (tâmil, língua falada no sul da Índia) – palavra usada para definir um certo tipo de ausência não-autorizada frente a deveres.

9. “Pochemuchka” (russo) – uma pessoa que faz perguntas demais.

10. “Klloshar” (albanês) – perdedor.

Categorias:Curiosities

Ensino de Língua Inglesa e Uso de Novas Tecnologias

 

DUPLA CERTIFICAÇÃO: Certificado de Pós-graduação lato sensu no Brasil e Certificado Internacional de Professor de língua inglesa da Bridge, reconhecido pela ACCET e pelo Ministério de Educação dos EUA. Com bolsa de trabalho no exterior.

A UGF conta com alguns dos melhores professores de língua inglesa. Curso único no Brasil!

Módulos:

Língua inglesa em nível avançado: Estudo da gramática inglesa em nível avançado e práticas do vocabulário escrito e falado no mundo anglo-saxão, pelos renomados professores John Whitlam e Stephan Hughes, para professores e profissionais da língua.

Formação de professores: Módulo em parceria com a Bridge (órgão que credencia professores de língua inglesa no mundo inteiro) que trabalha a didática e prepara o aluno para ensinar a língua inglesa em qualquer lugar do mundo. Inclui bolsa de trabalho em diversos países. Diploma reconhecido pela ACCET e pelo governo dos Estados Unidos.

Uso de novas tecnologias no ensino de língua: Módulo dedicado ao uso das novas plataformas de ensino de língua, às ferramentas de interação com o aluno, ao uso das redes de relacionamento, dos vídeos e animações em sala de aula. Em suma, tudo o que é preciso para entrar na nova era do ensino interativo.

As aulas ministradas na faculdade de São Paulo são transmitidas ao vivo pela internet, com imagem e som em tempo real. As mesmas vantagens da aula presencial: interação com os professores e os alunos durante as aulas, possibilidade de tirar as dúvidas ao vivo, com a vantagem de poder organizar seu horário de estudo, rever as aulas quantas vezes quiser, tirar as dúvidas pelo chat com o professor, interagir nos fóruns com os alunos (presenciais e EAD) e não ter de se deslocar até a universidade.
*Não há diferença entre os certificados dos cursos presenciais e à distância, conforme determina a legislação vigente.

Cidades e datas de início

Aulas à distância: Transmissão ao vivo pela internet das aulas ministradas na faculdade de São Paulo. Início: 02 e 03/04/2011 Horário: Sábado e domingo, das 8h às 18h, uma vez ao mês

Aulas presenciais:
Rio de Janeiro – UGF Unidade Candelária, início 26/03/2011. 2 sábados ao mês.

São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Salvador, Curitiba, Porto Alegre, Florianópolis, Horário: Sábado e domingo, das 8h às 18h, uma vez ao mês.

Mais informações sobre o curso no site http://www.ugfpos.com


Departamento de Língua e Tradução.
Tel. (21) 3442-0755/56
http://www.ugfpos.com

Categorias:Educação